No Liessin os alunos aprendem que nada se conquista sem muito suor

21/03/2013 - por Raquel França | Seja o primeiro a comentar!

Clarice Sipres passou para Engenharia Civil na PUC, UFF e CEFET, e estudou no Liessin desde 1996. Segundo suas palavras, “no Liessin pude ampliar os meus horizontes tanto …na área acadêmica, com professores incríveis, quanto na formação pessoal, através das atividades extracurriculares e de projetos judaicos. Aqui, aprendi que nada se conquista sem muito suor”. Para Isabela Gutman, que passou no processo seletivo para Direito no Ibmec, e Psicologia para IBMR e Veiga de Almeida, todos os projetos como a Marcha da Vida, as oficinas, o esporte e a convivência com alunos e professores, a prepararam para este novo momento de sua vida.
Para os que estão passando agora pelo vestibular, seguem  sugestões das ex-alunas: “tracem metas que os mantenham focados, mesmo nos dias mais cansativos. E, para alcançá-las, sejam organizados. Não existe falta de tempo, existe falta de interesse. Pois quando queremos mesmo algo, a madrugada vira dia, quarta-feira vira sábado e um momento vira oportunidade”.

Tags:

Comentários